A noite estava quente e o fraco vento que soprava mal fazia frente ao sufoco que o mês de janeiro trazia naquele ano ... já era 2011 e os últimos quatro anos pareciam ter voado.
Jacque era uma moça linda, sensual, magnífica, mas sua beleza ficava em parte encoberta por um semblante que raramente sorria ...
Naquela noite ela havia saído para caminhar
Estava quente e ela não conseguia dormir, nem sequer ficar dentro de casa, embora quase sem roupa (como ela gostava de ficar quando estava sozinha em casa, o que não era raro, pois o marido trabalhava muito e pouco tempo tinha para ela) ...
Vestia bermuda e blusa, mas seu desejo era tirar tudo e ficar nua dentro daqueles muros que naquela noite mais pareciam uma prisão ... seria sua maneira de se rebelar contra aquilo tudo que a sufocava: casa, casamento, vizinhos, família... tudo.
Mas não foi o que ela fez ...
Vestiu-se discretamente, calçou as sandálias de salto (que ela adorava), pegou as chaves do carro e dirigiu sem destino pelas ruas estreitas da cidade que àquela hora parecia deserta.
Após duas horas parecia não haver mais ruas que ela não tivesse percorrido, mas a angústia em seu peito prevalecia e ela ainda não sabia como lidar com aquilo, mas sabia que a única coisa que ela não faria naquele momento era voltar para sua cela de pedras e azulejos finos...

Blog Widget by LinkWithin

1 comentários:

  1. endryus says:

    Falta o toque de emoção, audácia.
    Mas bem produzido ,
    Parabéns!

Postar um comentário

O que achou ?

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

O Blog...

Esperamos brindar nossos leitores e seguidores com discussões atraentes, divertidas, mas, sobretudo, muito comprometidas sobre como as pessoas lidam com o eterno e contínuo desafio de estarem e viverem juntas.
Boa viajem!

Faça seu Login!




Postagens

Os Leitores Gostaram Mais de:

Qual nota você daria ao BLOG?

Total de visualizações de página

Seguidores